domingo, 6 de novembro de 2011

10 tios/tias que marcaram a ficção

Por Júnior Bueno

      A primeira imagem que vêm à cabeça quando se pensa na figura do tio/tia, é aquela senhora de meia-idade, que dá bons conselhos e cozinha bem ou aquele senhor metido a garotão que insiste em contar as mesmas piadas sem graça (a do pavê, por exemplo). Mas aqui eu vou listar 10 figuras que fizeram sucesso exatamente por roubar a cena, metendo o bedelho onde não eram chamadas ou por tramar diabolices por trás dos panos... Tem tia de novela que todo mundo queria ter, mas tem umas pestes aí que vou te contar, são um verdadeiro encosto!



10 - Tia Candoca de Éramos seis - A velhota interpretada pela incrível Lia de Aguiar era uma solteirona resmungona que deixava o tumultuado e cheio lar de Zeca (Osmar Prado) e Olga (Denise Fraga) ainda mais divertido. Dada a fazer fofoca, não raro era o estopim para uma briga entre o casal de brigões.



9 - Tio Vitinho de A próxima Vítima - Flávio Migliaccio se especializou em fazer velhinhos salientes e/ou folgados. Ele encarnou o tipo com perfeição em Passione e Caminho das Índias, mas nenhum tio será tão abusado quanto o verdureiro Vitinho de A próxima vítima, que era carinhosamente chamado de Pedra pelo cunhado Zé Bolacha (Lima Duarte).



8 - Tio Romão de Amor com amor se paga - Fernando Torres dava vida ao simpático velhinho com um passado misterioso, sempre pronto a dar uma palavra amiga e oferecer um chazinho de camomila ou bem-me-quer. O que se contava em Monte Santo era que esses chás podiam curar as mazelas do corpo e da alma. 



7 - Tio Abdu de O clone -  Como esquecer o velhinho ranzinza que via haram em tudo? Sebastião Vasconcellos roubou lindamente a cena como o fundamentalista que condenava todo mundo ao mármore do inferno, sobretudo as mulheres espetaculosas da família. Reza a lenda que meu finado avô Luis era igualzinho. Pena eu não tê-lo conhecido pois iria achar um barato essa braveza toda.



6 - Tia Ruthinha de Salsa e Merengue - A golpista comandava o clã de safadas que contava ainda com a sobrinha Gilda (Ariclê Perez) e a moça de vida fácil Adriana (Cristiana Oliveira). Laura Cardoso era a cara da maldade e arrogância e tinha tiradas deliciosas como "frango, mamão e água sem gás eu como em casa" ao ensinar a sobrinha o que se pedir num restaurante.



5 - Tio Zé de Sonho meu - Esse não era tio de verdade, mas o velhinho polonês interpretado pelo fofo do Elias Gleiser era um barato, afinal ele adotava crianças órfãs e fabricava lindos brinquedos de madeira. Sortuda mesmo era a Laleska (Carolina Pavanelli) que teve a sorte de ser salva por ele.



4 - Tia Íris de Fina estampa - No ar na novela das nove como a tia golpista de Teresa Cristina (Christiane Torloni), interpretada pela diva Eva Wilma consegue salvar a trama fraca de Aguinaldo Silva do mais absoluto marasmo.  Só por isso ela garante um bom lugar aqui na lista, no time das tiazinhas do mal



3 - Tia Neném de Insensato coração - Taí uma tia que todo mundo deve ter na família. Futriqueira, mão-de-vaca, chegada numa caninha e completamente duas caras, a peste, feita pela ótima Ana Lúcia Torre foi a responsável por momentos hilários na trama de Gilberto Braga. Fez tanto sucesso que foi poupada da matança que ocorreu ao longo da novela.



2 - Tia Magda de O astro - A cobra em pele de boa gente magistralmente interpretada pela Rosamaria Murtinho foi quem inspirou esta lista, afinal tá pra nascer tia mais traíra e invejosa. Capaz de ter um caso com o marido da sobrinha e de fazer espionagem para o vilão Samir, "Tchámagda" no final foi condenada à solidão e não suportando a culpa e a amargura, acabou se matando.



1 - Tia Celina de Vale tudo - Finalmente uma tia que era quase uma mãe. Ou era mesmo uma mãe já que os filhos da malévola Odete Roitmann (Beatriz Segall) tinham mais apoio e afeto na doce personagem de Natália Timberg que na própria mãe. Um poço de bondade e paciência, ela virava uma fera pra defender a felicidade dos sobrinhos. Que o diga Maria de Fátima (Glória Pires) que levou uns bons tabefes.



Fontes:
www.teledramaturgia.com.br
www.zamenza.blogspot.com
www.valetudo2011.blogspot.com

E aí, gostaram?

12 comentários:

  1. Tio Abdul e Tia Celina são os meus preferidos!! Esse tipo de personagem não pode faltar em nenhuma novela! =D

    ResponderExcluir
  2. Que saudosa lembrança você me trouxe Jr! Agora pense que mistura boa seria : Tia Neném + Celina + Íris + Magda = BoooM - Um estouro.
    Parabéns pelo texto e pela boa memória.

    ResponderExcluir
  3. ai, Junior...eu tive uma tia que era uma mistureba de Abdul com Celina...quase uma Sybil de tantas personas.... fiquei pensando em alguma ou algum....que delícia de post rsss as minhas preferidas foram as duas do Gilberto, a Tia Celina e a Tia Neném...mas que bela lembrança a tia Candoca.

    ResponderExcluir
  4. Júnior e suas ótimas listas, adorei a originalidade de pensar nos tios (a), pois agora né temos e tivemos alguns personagens em evidência.

    ResponderExcluir
  5. Faltou Tia Nastácia! :P


    Adorei sua lista! Elias Gleizer será para sempre o tio bonachão das novelas do Negrão!

    ResponderExcluir
  6. Faltou o tio Biju de "Cambalacho", também conhecido como "pata choca", de tanto que protegia os sobrinhos...

    ResponderExcluir
  7. Adorei a lista! E viva os tios e tias!!!

    ResponderExcluir
  8. Só uslindo da Blogosfera comentando aqui, quanta honra! Obrigado pelo carinho!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela postagem tão bem ilustrada, Junior... mais ainda por trazer a este modesto blog, pessoas ilustres, como você bem disse, rs.

    Que venham outras tão boas quanto, querido!

    ResponderExcluir
  10. Ótima lista: tema criativo, opções bem representativas! Tios e tias sensacionais!
    Só pra efeito de registro: Insensato Coração chegou numa etapa tão enfadonha que a maravilhosamente mau caráter Tia Neném era a única coisa que ainda me prendia com fervor à novela!

    ResponderExcluir
  11. Quem não queria ter uma Tia Celina, né?
    Graças a Deus eu tenho a minha, que é minha luz no escuro. Os outros tios são legais, mas Tia Celina é um ser de luz!!

    Grande trabalho da estupenda atriz Natália Timberg.

    ResponderExcluir
  12. Gostei da lista. Faltou a Tia Irene (Eloísa Mafalda) em Água Viva que praticamente criou a Janete (Lucélia Santos) além de sustentar a família; e o Tio Ali (Stênio Garcia) que roubou a novela O Clone. Correção: a atriz que era Tia Candoca em Éramos Seis era Wilma Aguiar e não Lia de Aguiar,grande atriz.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...