quinta-feira, 9 de maio de 2013

Sangue Bobo


Por Flávio Michelazzo

Dizem que depois de uma novela que não despertou interesse no grande público, a sucessora provavelmente surtirá efeito contrário. Desta vez, até o presente momento, não foi o que aconteceu no horário das sete. Depois da datada e insossa, porém bem-produzida 'Guerra dos Sexos', estreou na semana passada 'Sangue Bom', de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. Uma novela que ainda não disse a que veio, e que por enquanto, se mostrou tão sem graça quanto sua antecessora, e o horário volta a agonizar, depois do estrondoso sucesso da ótima, porém mal-dirigida 'Cheias de Charme'.
Depois de passarmos meses vendo piadas antigas (nada contra, só não tem mais graça) ditas por excelentes atores da velha e da nova geração, o que vemos agora é um emaranhado de clichês batidos somados ao que eu posso chamar de 'anti-piada'. Na semana de estreia, em diversos momentos, eu tive a sensação de estar assistindo 'O Dentista Mascarado' misturado com a mais fraca temporada de 'Malhação' e umas pitadas de 'Rebelde'. E o pior: Uma sucessão de escalações equivocadas.
Entre os protagonistas, temos Sophie Charlotte fazendo uma 'it-girl', um tipo que não é novidade pra quem vê seriados norte-americanos há séculos, Marco Pigossi fazendo um florista idealizado demais que parece que a qualquer momento vai dizer quais eram as qualidades de Hitler - sim, porque pra ele até Hitler deve ter lá suas qualidades, afinal tudo para ele são flores, literalmente -, Isabelle Drummond, uma das melhores atrizes da nova geração, fazendo uma personagem que já foi tão feita e refeita na telinha: A menina 'joãozinho'. Agora, pensando rápido, me lembro de algumas atrizes que já fizeram esse tipo: Helena Ranaldi em 'Despedida de Solteiro', Vivianne Pasmanter em 'Uga-Uga', Carolina Ferraz em 'Kubanacan' e Bianca Comparato em 'Belíssima' e 'Beleza Pura'. Humberto Carrão faz um vilãozinho tão sonífero que provavelmente sua maior maldade foi pichar o seu nome na carteira do colégio com corretivo líquido, e para mostrar que ele é do mal, está sempre de roupas pretas com seu insuportável tema tocando de fundo em todas as cenas que aparece. Já que falta vilania na prática, que fique no visual invocado e na música mais invocada (e chata) ainda. Fernanda Vasconcelos faz um tipo tão, mas tão idealizado que faz o personagem do Marco Pigossi parecer Lúcifer.



Os dramas de quase todos esses jovens é o abandono direto ou indireto de seus pais biológicos, e é o que faz com que eles sejam bons ou maus. Nem na temporada mais morna de 'Malhação' se viu uma sinopse apoiada em uma trama tão descartável.
Na segunda semana, começou a se desenhar os porquês de estes jovens terem sido abandonados pelas suas famílias, motivos tão fracos e previsíveis quanto o mover vivente da nossa Liga da Justiça do Subúrbio Paulistano. Noto um grande esforço da direção para tornar a trama ágil e agradável, porém a ausência de uma história que prenda tem me feito perder quase que por completo o interesse na trama.

Entre mortos e feridos, destaco o trabalho dos atores veteranos, como Marisa Orth, que apesar de sua personagem só aparecer para fazer piada, como se fosse uma esquete do Zorra Total, tem feito bonito e divertido o público. Daniel Dantas e Malu Mader inverteram os papéis de patrão e empregado em 'Celebridade' e tem garantido bons momentos. Aliás, chamou muita atenção do público o fato de Malu Mader estar fazendo um papel popular. Para quem não sabe, Malu já fez uma camelô em 'O Outro', uma professora de subúrbio em 'O Dono do Mundo' e uma 'piriguete' em 'O Mapa da Mina'. Apesar de aparecer dois minutos e meio por capítulo (quando aparece), Malu vem se destacando também. Letícia Sabatella, depois de ter começado 'Caminho das Índias' recebendo muitas críticas e terminando aplaudida, tem feito bonito nos (também) poucos minutos que aparece.





Letícia Isnard saiu do Divino direto pra uma família tradicional. Parece? Não. Parece que continua lá no subúrbio carioca. Deborah Evelyn é uma aposta de personagem que provavelmente fará sucesso, dado a excelente atriz que é, mas ainda não entrou na trama. Isso se seu filho abandonado e malvado (Carrão) não jogar aguarrás nela enquanto se apresenta como estátua-viva, arruinando seu número... Por fim, temos Tuna Dwek provando que a 'erijohnsonização' nas novelas não é exclusividade de alguns autores...



Imagino que Giulia Gam esteja sendo unanimidade entre as pessoas, mas não consegui gostar de sua atriz decadente, porém torço para que ela encontre um tom bacana. Assim como torço que a novela fique "assistível". 'Flor do Caribe' é um exemplo de novela que começou ruim e está imperdível. Vamos ver se nos próximos meses 'Sangue Bom' deixa de ser boba, ou se se confirma como uma 'Guerra dos Sexos' para pré-adolescentes.
Vamos tentar embarcar neste carrossel...

43 comentários:

  1. ADOREI a crítica sobre Sangue Bom. Malhação está bem mais interessante que ela. Triste ver excelentes atores com papeis tão fracos e superficiais. Oh,meu DEUS que saudade das Cobras e Lagartos, Andando nas Nuvens, e Anjos caindo do Céu do saudoso horário das sete!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cobras e Lagartos foi a última nota dez do horário. Saudades do João Emanuel Carneiro às sete.

      Excluir
  2. "li toda a crítica, mas discordo é muito dela. Ele [o autor] acabou com todo mundo, e é um exagerado. Ele não gosta de novela nenhuma. Ele diz: "Cheias de Charme uma boa novela, mas uma direção horrível" Sério isso? DISCORDO TOTALMENTE! Ele acha que Flor do Caribe está melhor agora? Discordo mais uma vez! Flor do Caribe tem tantos clichês quanto Sangue Bom. Mas os de Flor do caribe conseguem me cansar mais. Acho que Sangue bom, tá para ficar ótima... na minha visão ela ainda não deslanchou. Precisa aparecer outros personagens, encontros de outros personagens para a trama se movimentar, mas eu entendo, até porque este início vai apresentar a trama de cada personagem e como são muitos, é muita informação inicial. Eu termino os capítulos iniciais da novela e fico: "mas então se fulano é filho de ciclano, ele é primo de tal, irmão de não sei quem", então, não parece, mas é muita informação."

    Comentário de Anastácia Oliveira (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que você não discorda tanto assim de mim. E Cheias de Charme foi ótima, mas só um exemplo da má direção: O que eram os shows do Inácio com a Rosário na reta final? Pareciam feitos no palco do TV Xuxa! E o que dizer das perseguições? Foi uma novela muito bem escrita e atuada, mas não posso dizer que foi 10 porque a direção não atingiu essa nota, na minha opinião.

      Excluir
  3. "Eu concordo... Sangue Bom tá muito clichê. Confesso que se eu não fosse fã da Isabelle Drummond, a novela não me despertaria atenção... e Flor do Caribe realmente melhorou muito e tem mais conflitos e suspense que Sangue Bom. Sangue Bom tem um elenco enorme, às vezes sinto falta de personagens, a Tina faz dias que não dá as caras, já Flor do Caribe tem um elenco pequeno e parece ter mais gás e história pra contar que Sangue Bom tem tido até agora, com um elenco de 70 atores. E se a novela não agilizar mais e ficar só na chata da Amora e no Bento só tende a cair mais a audiência."

    Comentário de Ricardo Santos (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente falarei de Flor do Caribe na minha próxima postagem, e fica meu desejo de postar um texto mordendo a língua com Sangue Bom

      Excluir
  4. "Em minha opinião as novelas estão ótimas e Guerra dos Sexos não foi um fracasso. Eu amei... É o povo que nunca está satisfeito com nada!

    Comentário de "Fãs Rbr JorNina" (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não disse que foi fracasso (apesar de ter sido a pior audiência histórica do horário) o que eu disse foi que não empolgou, não causou uma comoção nacional.

      Excluir
  5. "Eu gosto de Sangue Bom justamente por ser uma novela leve... Não consigo gostar dessas novelas cheias de armações e coisas que na maior parte das vezes chegam a ser surrealistas... Com dramas exagerados e etc... Por isso que eu raramente vejo novela... Também me irritam as cenas da Amora com o Bento... Tudo bem mostrar eles, mas não precisa ser toda hora... A Malu, Giane e Mauricio também são protagonistas e também tiveram infância... Por que só mostra a Amora? -.-"

    Comentário de Daniela Cardoso (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto de novelas leves, desde que façam o público parar na frente da TV. Existem tramas maniqueístas que também não colaram.

      Excluir
  6. Sangue bom é simplesmente mais um sucesso que vem para marcar como foi tititi.
    Crítica de quem não tem o que falar.

    ResponderExcluir
  7. "Acho que Sangue Bom é do tipo de novela que é ganha não pelos protagonistas, mas pelos coadjuvantes."

    comentário de Thiago Henrick (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  8. "Eu acho Sangue Bom boa desde o início. Espero que só melhore. Acho que a personagem da Marisa Orth tá meio teatralizado demais, mas ela vai acertar o tom logo,logo, capacidade ela tem de sobra!"

    comentário de Ricardo Anthonyo (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  9. O que quiseram dizer com 'guilhermekarnização' ?

    ResponderExcluir
  10. Critica infundada, a novela é simplesmente interessantissima, bem escrita, bem dirigida e com atores incríveis.
    Será mais um sucesso que deixará saudade.
    Eu acho péssimos esses recalcados que só sabem falar mal do trabalho dos outros. #semnoção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Blog não censura a opinião de seus autores. Todos têm a liberdade de expor opinião própria, desde que de modo respeitoso, como o fez Flávio Michelazzo. Mas o seu comentário divergente é muito importante para nós. Obrigado pela leitura e volte mais vezes!

      Excluir
  11. eu concordo com algumas coisas, só não concordo que seja uma trama geral frágil, pois fala de orfandade e os caminhos que seguem as pessoas....estou numa vibe positiva, por isso tenho gostado do bento e da malu....a it girl me cansa um pouco....a malu por enquanto acho um equívoco, mas quem sabe ela pega o personagem. Algumas das tramas são requentadas mesmo...mas sinto no decorrer das cenas alguns anti-clichês assim como em flor do caribe, os autores estão começando um pouco a escrever cenas que antes eram previsíveis e mudado.Acho a novela morna mas gostosa de ver....e Giulia Gam e Marisa Orth estão muito bem , eu acho. A Letícia Isnar tb foi minha grande decepção...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto da Fernanda Vasconcelos e acho sua personagem bem mais interessante que a protagonista. Tem tudo pra roubar a cena.

      Excluir
  12. Não vejo a hora de ver a Deborah Evelyn atuando,ela é ótima com certeza. Concordo com a critica e espero que a trama esquenta por que até agora ta horrível.

    ResponderExcluir
  13. Concordo totalmente com o texto. Sangue Bom etá muito chatinha parece uma Malhação das sete da noite. E continuo achando que Maria Adelaide só sabe fazer Remakes

    ResponderExcluir
  14. Olha, acho que o texto apresenta uma opinião bem pessoa mesmo rs.
    Discordo de quase tudo, a novela é bem menos do que eu esperava, mas está longe se ser uma novela boba.
    Além de ser muito bem produzida e dirigida, os diálogos são sensacionais, e os personagens, em sua maioria são tipos bem interessantes e cheios de possibilidades. A história realmente não é nada original, é um enredo clássico com uma embalagem nova e moderna, e á meu ver é muito boa. Não se resume apenas ao abandono dos protagonistas, a coisa é bem mais profunda e complexa do que se mostra. Ah, e a novela não tem nada de Malhação e Rebelde. Acho Sangue Bom uma boa novela, mas que tem potencial para ser melhor ainda, resta esperar quando ela vai mostrar todo este potencial.

    Abraços

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas foi o que eu disse, acho que a novela não pode demorar tanto assim para se apresentar. Mas espero voltar aqui com um texto intitulado sangue ótimo. Vamos aguardar, não tem muito o que se fazer.

      Excluir
    2. Lembrando que toda opinião é pessoal. Não posso escrever um texto pensando com a cabeça de outra pessoa ou da maioria. Abraços.

      Excluir
  15. Texto corajoso! Parabéns!
    Concordo com cada letra, apesar dos pesares, ainda sigo acompanhando, algumas cenas gosto, alguns personagens tb, sigo na confiança para que o Sangue realmente seja BOM!

    ResponderExcluir
  16. Concordo com tudo dessa crítica. Depois do excelente trabalho que Maria Adelaide e Vicent fizeram em Ti Ti Ti, eu esperava bem mais de Sangue Bom. Acho a história da novela boa, mas algumas tramas e personagens são muito bobinhos. O único destaque até agora é Giulia Gam. As personagens de Isabelle Drumond e Sophie Charlote são chatas, Bento é tão bonzinho que irrita, Maurício é outro chato e Fabinho é uma vilão que não faz nada. A única protagonista de que gosto é a Malu, mas infelizmente ela tem pouco destaque e é a mais apagada dos seis. A novela também tem personagens demais e os autores em vez de focarem primeiramente na trama principal, apresentaram todas as tramas logo de uma vez, a novela é uma verdadeira salada mista, com algumas partes boas e outras péssimas, enfim, torço para que Sangue Bom melhore, mas até o o momento a novela está muito fraca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabinho não faz nada? ele roubou e deixou a mãe assumir a culpa no lugar dele, depois foi embora deixando ela para trás respondendo pelo erro dele, sem nem se despedir, isso é nada rs? Ta muito no inicio ainda, ele ainda vai aprontar muito!!

      Excluir
    2. Mas são umas vilanias que se não tivessem sido feitas, não teria feito diferença. Não falo de sair matando meio elenco, mas por enquanto ele parece um fugitivo do jardim da infância.

      Excluir
  17. "Em sangue bom eu não gosto do protagonista do Marcos Pigossi, acho ele muito bobo, igual ao de salve jorge. Esses mocinhos das atuais novelas inéditas são muito chatinhos, só o de flor do caribe que o casal protagonista está melhor, em minha opinião. Odeio mocinho que é mais "frescurento" que a mocinha, fica muito chato, não tenho paciência!"

    comentário de Marcelo Alves (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é engraçado esse caminho que os autores escolhem para os seus mocinhos. Será que os homens de hoje em dia é que são a inspiração?

      Excluir
  18. Olha, eu discordo bastante da crítica. Acho que grande parte do horário das 19h se sustenta apenas em situações, ou seja, falta uma trama mais consistente. Cheias de Charme, até o capitulo 30, também era uma novela que boa, mas que poderia ser chamada de bobinha. Penha só tinha um conflito - chatissimo, por sinal - com o marido, Rosário estava apenas com um triângulo amoroso e Cida parecia mais uma mocinha saida de Malhação (assim como a Amora ou a Malu). Cobras & Lagartos, outro exemplo, que só focou nos primeiros capitulos no caso Bel-Duda e na vilã - que também não era uma grande vilã - Leona. Tanto Cheias de Charme quanto Cobras & Lagartos demoraram para ganhar forma e acredito que Sangue Bom também será assim. Gosto bastante dos personagens, das atuações (exceto por dois ou três), de uma direção muito inspirada do Dênnis Carvalho e, principalmente, do texto que pouco vejo dedo da Maria Adelaide, que pra mim atua apenas como supervisora do Vincent. A única coisa que temo é a trama de descaracterizar pela audiência, assim como Walcyr Carrasco em Morde & Assopra, cuja trama já era fraca e virou uma das piores do horário. Curto bastante Sangue Bom e acho que um dos objetivos já foi conquistado: a repercussão das redes sociais que Guerra dos Sexos jamais teve, e torço para que melhore ainda mais. Não está ainda uma Cobras & Lagartos ou Cheias de Charme, no geral, mas prefiro os 10 primeiros capitulos de Sangue Bom aos 10 primeiros dessas duas novelas

    ResponderExcluir
  19. Não concordo em nada com a crítica, a não ser com os elogios para Marisa Orth. Não sei se é porque eu gosto, mas não vejo nada de Malhação (a não ser um pouco na abertura) em Sangue Bom. Acho um pouco que o Bento tá meio chato mesmo, mas nada que não possa melhorar. Enfim, pra mim é a melhor novela no ar atualmente. Acho Flor do Caribe ótima, mas tem tantos clichês quanto Sangue Bom. Em ambas as novelas esses clichês não atrapalham, porque o texto, a direção e os autores superam e nos dão uma obra muito bem feita.

    ResponderExcluir
  20. A novela tem uma história clichê mesmo,Malu Mader está muito forçada naquela personagem.
    A história pode crescer,quando acabar os erros de direção e as cenas forçadas.
    A novela consta com cenas engraçadas que diverte o público.

    ResponderExcluir
  21. Tanto Sangue Bom com Flor do Caribe são ótimas novelas. Sabe qual é o problema? É que como o passar dos anos, depois de tantas novelas já exibidas, o público começa a se cansar das mesmas histórias de sempre. Eu particulamente acho as novelas de hoje bem melhor do que as do passado. As tramas atuais são mais ágeis e com muitas viradas no decorrer dos capítulos. As tramas do passado, talvez pela concorrência que não existia, eram mais arrastadas. Ágeis nos cap. iniciais, com aquelas famosas "barrigas" no meio, voltando a ter ritmo na reta final.

    Existe hoje um desafio, tanto para os novelistas como para os noveleiros, ou seja, quem faz e quem assiste novelas. É de criar um jeito novo de contar as mesmas histórias.

    Duca Rachid e Thelma Guedes conseguiram isso com "Cordel Encantado", juntando o reino medieval com o cangaço nordestino, porém a trama continha todos os clichês já vistos em outras obras.
    Maria Adelaide Amaral juntou a trama dramática de "Plumas & Paetez" com a trama cômica de "Ti Ti Ti" (1985) e transformou-as na "Ti Ti Ti" de 2010, com grande êxito.

    O Futuro das novelas vai estar centrado na criatividade dos autores de contar as mesmas histórias só que de um jeito diferente.

    ResponderExcluir
  22. "Eu também acho o papel dela um pouco exagerado. E até tenho tentado assistir, mas já estou começando a me desinteressar. Realmente vamos ver se dá uma melhorada daqui alguns capitulos"

    comentário de Anja Fontoura (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  23. "já tentei sentar e assistir sangue bom, mas achei tudo nada a ver!"

    comentário de Carlos Alex (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  24. "Sangue Bom é aquela novela das 7!...nada de compromisso, apenas entertainement!!!!"

    comentário de Fernando Shimada (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  25. Eu nao gosto do personagem do marcos, é tao chato, como disse no texto, pra ele tudo são flores! E otimo texto!

    ResponderExcluir
  26. "Sangue Bom não me atrai em nada. Boba, novela feita pra adolescente. Achei essa critica perfeita, diz tudo o que penso. Tivesse passando no verão no horário de verão, estaria dando menos ainda que sua media de 24 pontos. Essa novela não tem eira nem beira. Quiseram fazer o mesmo que Tititi, so que ali partiam de duas tramas maravilhosas dos anos 80, cheias de entrechos e consistência! Ai pensaram assim: vamos usar o mesmo humor de trocadilho que as mentes menos iluminadas adoraram no remake de Tititi, e deram com os burros na água porque a história original que inventaram não passa de um NADA absoluto."

    comentário de Tom Dutra (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  27. "Também acho a novela xexelenta, tentei ver sábado e não consegui. A trama central é muito fraca, boba . Acho esse lance de metalinguagem tão gibi de Maurício de Souza."

    comentário de Luciano Lopes (extraído do facebook)

    ResponderExcluir
  28. Não estou gostando de "Sangue Bom". A novela padece do mesmo mal de "Salve Jorge": excesso de tramas e elenco numeroso demais. Além disso, os autores são arrogantes e pretensiosos demais a ponto de não aceitarem comparações com "Malhação", porém não conseguem criar personagens que tenham algum conteúdo e alguma identificação com o telespectador. Se duvidar, a "Malhação" que Maria Adelaide tanto repudia tem até mais conteúdo que sua novela. Aliás, desconfio que "Sangue Bom" seja mais do Vincent Villari que da Adelaide, pois a meu ver, a novela não parece ter a assinatura da autora.

    A personagem de Malu Mader está muito próxima de uma mulher popular, mas ela aparece pouquíssimas vezes e isso prejudica sua repercussão. Tomara que Rosemere cresça mais na trama e tenha mais cenas importantes porque merece destaque.
    Marisa Orth sempre foi mais comediante do que atriz, como Claudia Jimenez, Regina Casé e tantas outras. Por isso, não me surpreende que sua Damáris seja muito engraçada mesmo.
    A personagem de Giulia Gam, excelente atriz, servirá para o autor Vincent Villari explorar mais uma vez as referências metalinguísticas às novelas de sucesso da Globo repetindo a mesma fórmula chata e batida usada em "Ti-Ti-Ti". A diferença é que "Ti-Ti-Ti" tinha como base duas ótimas tramas de Cassiano Gabus Mendes, suas criações maravilhosas como Victor Valentim e Jacques L'éclair, enquanto "Sangue Bom" ainda não apresentou nada que me despertasse curiosidade ou considerasse interessante.

    Apesar de todo anacronismo e da visível preguiça do autor Silvio de Abreu em atualizar "Guerra dos Sexos", que foi muito sem graça mesmo, ainda a achava melhor que "Sangue Bom". Na verdade, vai ser muito difícil o horário das 19h apresentar tão cedo uma novela tão boa e divertida como foi "Cheias de Charme", um divisor de águas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...